Pelotão Ambiental apreende macaco-prego por suspeita de tráfico de animais

  • 0
  • 559 views
BARRAGEM REPRESA_JE 10

Em ação de combate ao tráfico de animais silvestres, a equipe do Pelotão Ambiental de Cordeirópolis apreende macaco-prego e nota fiscal com indícios de falsidade. O proprietário do macaco, que já responde processo por crimes contra animais, não foi localizado.

Os agentes apresentaram o animal na delegacia onde foram tomadas medidas cabíveis quanto aos crimes. Frisa-se que o animal está com chip que coincide com o apresentado na nota fiscal, porém os agentes conseguiram informações de que a nota fiscal pertencia a um outro animal que já morreu e provavelmente os envolvidos conseguiram inserir o chip com os dados no animal localizado. A informação é de que um animal desta espécie, se regularizado, estaria avaliado em cerca de R$150 mil sendo que na nota apresentada aos agentes consta o valor de R$70 mil. Animais da mesma espécie vivem na natureza e foram catalogados na região da apreensão, sendo que os valores expressivos vêm fomentando o crime do tráfico de animais silvestres e ações de combate estão sendo levadas a cabo.

Loja Barbosa (3)

O proprietário responderá pelos crimes de falsidade documental e contra a fauna silvestre. O animal ficará provisoramente com a funcionária por já estar habituado com ela até decidir o destino do bichinho.

 

raros-2
Concurso Público Cordeirópolis – Nova data é marcada
Prev Post Concurso Público Cordeirópolis – Nova data é marcada
Em Rio Claro, cavalos são apreendidos por maus-tratos
Next Post Em Rio Claro, cavalos são apreendidos por maus-tratos
Veja mais

Leave a Comment:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link para o WhatsApp