Homem que matou mulher no Jardim Eldorado é condenado a 13 anos e 6 meses de prisão

  • 0
  • 164 views


BARRAGEM REPRESA_JE 10

Foi condenado, nesta quarta-feira (13), a 13 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado, o réu Adriano Reis da Silva pela prática do crime feminicídio (violência doméstica contra a mulher) contra a vítima Jaqueline Cristina de Oliveira. O julgamento foi presidido pela juíza  Juliana Silva Freitas e realizado no plenário da Câmara Municipal de Cordeirópolis.

A acusação foi realizada pelo Ministério Público de Cordeirópolis, representado pela promotora de justiça Aline Moraes. Foi indeferido ao réu o direito de recorrer em liberdade.

Loja Barbosa (3)

Caso

No dia 25 de novembro de 2022, às 16h, na rua das Rosas, nº 241, Jardim Eldorado, o réu Adriano de uso de faca por motivo fútil (ciúmes),  no âmbito de violência doméstica e familiar e com menosprezo à condição de mulher, Adriano matou sua companheira Jaqueline Cristina de Oliveira.

Eles viviam em união estável, vieram morar em Cordeirópolis no início do mês de novembro de 2022 e nesta cidade ele passou a acusá-la de infidelidade.

Após discussão, ele deu várias golpes de faca e após crime empreendeu fuga e buscou abrigo em um imóvel situado no  Jardim Cordeiro I, mas a polícia foi acionada, realizou diligências e com auxílio de populares conseguiu encontrá-lo no referido local, oportunidade em que ele confessou o crime e foi preso ainda em flagrante delito.

raros-2
Prev Post Caminhões carregados com eixo suspenso passarão a pagar pedágio a partir do dia 18
Next Post Homem que matou mulher no Jardim Eldorado vai a júri popular
Veja mais
Link para o WhatsApp