Profissionais que realizam serviço de poda e corte de árvores na cidade deverão passar por curso para serem credenciados

  • 0
  • 132 views


inauguração

Após curso, podadores receberão carteirinha que estão aptos aos trabalhos e será obrigatória

Os profissionais que atuam na área de poda e corte de árvores terão a oportunidade em realizar uma capacitação sobre arborização urbana. A atividade será realizada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Meio Ambiente.

Loja Barbosa (3)

Os profissionais da área devem procurar a Secretaria localizada na Avenida Vilson Diorio,  567, Vila Pereira, e se inscrever para o curso. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 17h.

De acordo com o GCM, Marinaldo do Pelotão Ambiental, o curso é a oportunidade dos profissionais aprenderem como podar uma árvore sem danificá-la, qual a época do ano deve ser realizado o corte, como reduzir a raiz e que espécies devem ser plantadas em área urbana.

“Teremos um prazo de 90 dias para instruir os profissionais durante a fiscalização. Com a realização do curso, todos os profissionais saberão como proceder em cada trabalho, e aos que insistirem na poda drástica ou no corte sem autorização, tanto profissionais, como donos dos imóveis, serão autuados e multados. No caso dos podadores, após o curso, eles receberão uma carteirinha que o deixa apto e credenciado aos serviços, mas se infringirem a lei, perderão o registro de trabalho e terão os equipamentos apreendidos. Lembrando que essa carteirinha será obrigatória e será credenciada pela Secretaria de Meio Ambiente”, explicou o GCM Marinaldo.

Outro ponto abordado durante o curso será a segurança do profissional, principalmente no que diz respeito ao uso dos equipamentos e os cuidados necessários com a rede elétrica.

De acordo com o secretário da pasta de Meio Ambiente, Joaquim Dutra, neste primeiro momento serão recebidas as inscrições para formar as turmas, para em segundo plano agendar as datas das capacitações, tanto com a empresa Elektro, quanto com outros profissionais para explanar sobre a realização correta dos trabalhos.

Ainda de acordo com o GCM, será seguido o projeto de lei nº 36-2022, que rege as regras sobre a arborização e que deve seguir  o Plano Municipal de Arborização Urbana e a fiscalização por conta do Pelotão Ambiental.

Foto: Pelotão Ambiental

 

contato tintas
Guia comercial ACADEMIA E ESPORTES
Prev Post Atletas conquistam medalhas no Sul-americano de Luta de braço
Next Post Agressão de vereador gera gastos e processos há 5 meses
Veja mais
Link para o WhatsApp