MP denuncia cordeiropolense por morte e ferimento de pets após soltar rojões

  • 0
  • 98 views


BARRAGEM REPRESA_JE 10

Promotoria afirma que ele assumiu o risco de provocar ferimentos e mortes de cães e gatos

 

Loja Barbosa (3)

Um homem foi soltar rojões pela sua felicidade em 2022 e causou um estrago aos vizinhos. A soltura ocorreu no dia 30 de outubro de 2022, por volta das 19h20.

O Ministério Público de Cordeirópolis através da promotora, Aline de Moraes denunciou o cordeiropolense A.M.O. por prática de ato de abuso, maus-tratos, feriu e matou animais domésticos (cães e gatos).

No documento consta que ele realizou a soltura de vários fogos de artifícios com estampidos, mesmo ciente de que seus vizinhos possuem cães e gatos e que tais animais sofrem muito com o barulho dos rojões, havendo risco de se ferirem e até de morrerem.

Para a promotora, ele assumiu o risco de provocar ferimentos e mortes de cães e gatos, o que de fato veio a ocorrer.

Os fogos de artifícios com estampidos soltados por A. causaram stress traumático no cão do seu vizinho, provocando demasiada ansiedade, tremores e vômitos no animal. Além disso, os rojões e respectivos barulhos feitos por A. assustaram e traumatizaram um gato de outra vizinha. E tamanho foi o medo incutido no gato que ele fugiu da residência e acabou sendo atropelado por um automóvel na via pública, vindo a óbito em razão de tais fato.

Para a promotora, A. agiu, portanto, com dolo eventual e com sua conduta assumiu o risco e provocou maus-tratos em cão e a morte de um gato.

A denúncia foi aceita pelo MP de Cordeirópolis nesta semana, onde o processo tramita, caso a justiça aceite, A. se torna réu e terá o prazo para sua defesa.

raros-2
Prev Post MP é favorável a concessão da liminar do pedido de suspensão de sessão pública contra vereador Dhavid
Next Post Justiça determina internação de adolescentes que incitaram massacre em escola de Cordeirópolis
Veja mais
Link para o WhatsApp