Com ajuda do monitoramento, DEIC prende quadrilha que furtava peças do SAAE e região

  • 0
  • 224 views


Mais de 10 municípios tiveram abastecimento de água prejudicado devido aos furtos

A Polícia Civil, por meio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Piracicaba comandando pelo Delegado William Ricardo De A. Marchi com o apoio do Centro de Monitoramento da Guarda Civil de Cordeirópolis,  prendeu na manhã desta segunda-feira (23) integrantes da quadrilha especializada que furtavam peças do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Cordeirópolis e também de várias outras cidades.

Loja Barbosa (3)

 

As peças geralmente inversores eletrônicos e motores tem o custo médio estimado entre R$ 15 mil à  R$ 25 mil  e eram vendidos no mercado paralelo bem abaixo do preço, cerca de 10% do valor de mercado.

Os objetos subtraídos são peças específicas, que no geral ficam instaladas em locais cujo o fluxo de pessoas que acessam são baixos e para sua extração é necessário ter conhecimento em elétrica. Ocorre que a incidência de furtos destes equipamentos vem se agravando e só nos últimos noventa dias as subtrações multiplicaram”, informou o presidente da autarquia Silvio da Silva.

A quadrilha agia em várias cidades como Piracicaba, Limeira, Araras, Leme, Rio Claro, São Pedro, São Carlos, Avaré, Ribeirão Pires, Porto Ferreira, Descalvado, Tietê, Saltinho e Cordeirópolis, causando prejuízos financeiros e também de abastecimento, deixando uma grande parcela da população sem água, uma vez que furtadas as peças, o abastecimento era interrompido.

A prisão foi possível após a Central de Monitoramento da GCM de Cordeirópolis identificar um veículo (VW Gol) no dia 21 de outubro que havia entrado na cidade e ter circulado próximo ao local que houve furto e através do sistema da muralha digital, conseguiram o emplacamento do veículo que foi ofertado à DEIC para auxiliar nas investigações.

Na manhã de hoje, foram cumpridos mandados de busca e prisão dos envolvidos, sendo nas cidades de Rio Claro e Indaiatuba.

Na cidade de Rio Claro, os alvos eram os furtadores, já em Indaiatuba o alvo foi o endereço de uma empresa cujo proprietário foi identificado como comprador / receptador, sendo possível localizar equipamentos do SAAE de Cordeirópolis.

Todos foram encaminhados para a sede da DEIC Piracicaba onde responderão, a princípio, pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa, ficando à disposição da justiça.

Os equipamentos recuperados serão restituídos ao município.

contato tintas
Prev Post Patrulha Mirim conquista várias premiações na Copa América de Bandas e Fanfarras
Next Post Falecimento - Luzia Conchetti Marçolla
Veja mais
Link para o WhatsApp