Postos em Cordeirópolis e região relatam falta de diesel

  • 0
  • 114 views


BARRAGEM REPRESA_JE 10

‘A falta de diesel está na base, pedimos 25 mil litros e eles mandam 5, isto está geral”, diz gerente de posto

Os postos de combustíveis de Cordeirópolis e região já sentiram a falta de diesel, onde diversos caminhoneiros ficaram por horas aguardando a chegada do combustível para seguir a viagem de trabalho.

Loja Barbosa (3)

A redação do  Portal JE10 em contato com gerente de postos, foi informada que a distribuidora encaminhou nota relatando o aumento que deve ser repassado já hoje (16). O diesel S10 teve aumento de R$ 0,78- litro; S500 de R$ 0,70 e a gasolina em R$ 0,37. Já o etanol com o aumento do diesel, automaticamente também sofrerá reajuste, devido ao repasse de frete no transporte.

Mesmo com o reajuste, a entidade alerta que pode faltar o produto. Veja abaixo a nota:

“Mesmo com reajuste Petrobras, a defasagem para o mercado internacional ainda continuou, e ainda contaremos com cenário de baixa oferta de produtos, havendo ainda a necessidade de aumentar o mix de importados. Com isso, junto com movimento Petrobras, também tivemos novamente custos de importação.

S10: +0,78

S500: +0,70

Gasolina: +0,37

Etanol

Com o aumento de diesel inflando o custo operacional, e aumento da gasolina, as usinas já começaram a negociar etanol com valores mais elevados, e o esalq de ontem já apontou +0,0750. Há tendência de aumento considerável, e amanhã será necessário realizar uma antecipação”.

Falta de Diesel

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no mês de maio, 27,5% do diesel vendido nos postos brasileiros tinha origem importada.

Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) a escassez se deve à nova política de preços da Petrobras, que mantém os valores do mercado interno congelados há cerca de 80 dias.

O último dado mostra que o diesel vendido pela Petrobras está R$ 1,29 abaixo desta paridade, ou 30% menor. A gasolina também tem importação no Brasil. Em maio deste ano, 18,9% do produto vendido nos postos do país teve origem importada.

raros-2
Prev Post Falecimento - Douglas de Lucca
Next Post Nova sede da Guarda Municipal será instalada no centro da cidade
Veja mais
Link para o WhatsApp