Governador Tarcísio sanciona fim da obrigatoriedade do comprovante de vacina da Covid-19

  • 0
  • 252 views


Não será mais obrigado o comprovante de vacinação para ter acesso a locais públicos e privados, com exceções

A partir de hoje (15) não será mais obrigatório mostrar o comprovante de vacina contra Covid-19 para ter acesso a lugares públicos e privados, exceto aos profissionais de saúde, uma vez que podem ter contato com imunossuprimidos, trabalhadores em instituições para idosos, profissionais em contato com crianças portadoras de doenças crônicas e mulheres grávidas.

Loja Barbosa (3)

A nova Lei estabelece os casos para os quais o comprovante de imunização é necessário, desobrigando a apresentação do documento para outras situações.

“São Paulo atingiu os mais altos índices de cobertura vacinal do país. Mais de 90% da população foi imunizada. Esse resultado é fruto da conscientização das pessoas sobre a importância da vacinação. Por isso, vamos reforçar esse trabalho com a realização de campanhas de vacinação para todas as idades, com informação clara e precisa, além de disponibilizar a vacina para todos”, disse Tarcísio de Freitas.

A meta do Governo é orientar a população sobre a necessidade de manter acima de 90% a cobertura vacinal para todo Plano Nacional de Imunização (PNI).

“A Secretaria de Saúde e o Governo de SP são favoráveis à vacina e entendemos que ela é o melhor instrumento que une custo e efetividade para a prevenção de doenças. O que está em discussão é apresentação do comprovante em determinadas situações”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Eleuses Paiva.

Fonte: Portal Governo SP

Prev Post Falecimento - Sebastião de Jesus Rosado
Next Post Pela primeira vez em Cordeirópolis, Carnaval terá a Brahma como parceira da festa
Veja mais
Link para o WhatsApp